Cadeia de sinal

cadeia-de-sinaisSe você utiliza um pedalboard de efeitos com sua guitarra, é importante estar ciente de como o sinal do instrumento é afetado até chegar ao seu amplificador.

É comum encontrarmos extensos artigos falando sobre a famosa “perda de sinal”. Nesse aspecto destaco 3 pontos que podem servir de base para encarar essa questão de forma prática e sem muita frescura:

 

Distância entre o sinal da guitarra e o ampli: quanto mais longo for o caminho que o sinal da sua guitarra deve percorrer até chegar ao seu amplificador, maior será a perda de sinal. Isso acontece quando usamos cabos muito longos ou de baixa qualidade. O número de pedais presente em seu pedalboard é o outro fator que torna esse trajeto mais longo, pois quanto mais pedais em sua cadeia, maior será o caminho a ser percorrido pelo sinal. Não podemos esquecer que a cada pedal adicionado à cadeia haverá também a adição de um daqueles cabos para pedais, o que torna ainda mais comprido o caminho.

Qualidade dos componentes: cabos de baixa qualidade ou danificados vão contribuir com a perda de sinal. Alguns pedais podem também ser grandes ladrões de sinal.

Característica de cada (buffer x tru bypass): é comum que nos perguntemos qual é o melhor dos dois mundos e muitas vezes quando recorremos ao material que existe divulgado em sites e comentários em fórums ficamos com a impressão de que os pedais true bypass é que são os melhores. A questão se resolve com alguns conceitos de base:

  • Pedais buffer: são pedais que só transmitem o som quando estão ligados à energia. Quando desligados eles simplesmente interrompem a cadeia. E quando ligados eles utilizam a energia para “empurrar” o sinal da guitarra para que ele possa seguir pela cadeia até um outro pedal ou até o amplificador. PRÓS: renova a força do sinal para que ele siga cadeia à frente. CONTRAS: não mantém completamente as características do sinal original da guitarra.
  • Pedais tru Bypass: mesmo desligados da rede elétrica, esses pedais permitem que o som original da guitarra passe pelo pedal praticamente intacto. PRÓS: conseguem manter o som original da guitarra praticamente intacto na cadeia. CONTRAS: por serem tru bypass esses pedais não renovam a força do sinal. Em um pedalboard que tenha somente pedais tru bypass é esperado que ocorra perda de sinal devido ao grande caminho percorrido pelo som sem a existencia de uma renovação do sinal.

 

Qualidade dos componentes: cada parte que o sinal da guitarra tem que percorrer até chegar ao amplificador interfere na qualidade final do som, com isso é importante buscar componentes de qualidade para seu set.

 

Como evitar e conviver com a perda de sinal:

A melhor dica eu acredito que seria bem simples: TESTE TESTE TESTE. Para se familiarizar com a característica de cada componente do seu pedalboard e poder realizar ajustes que beneficiarão o seu sinal o melhor processo é separar uma hora do seu dia para testar cada componente da sua cadeia 1 a 1. Aqui segue uma dica de como prosseguir:

  • plugue sua guitarra direto no amplificador e toque alguma música ou parte de uma música com a qual você esteja familiarizado;
  • desmonte seu pedalboard deixando todos seus pedais acessíveis para que seja possível testar um a um;
  • agora plugue sua guitarra no primeiro pedal da cadeia e plugue esse pedal no amplificador;
  • toque novamente o mesmo trecho e observe se o som manteve suas caracteristicas. Se estiver tudo certo adicione o segundo pedal a essa cadeia e repita o processo. Vale lembrar que as vezes a perda de sinal está associada à qualidade daqueles cabinhos que usamos para conectar um pedal ao outro;

 

Tomando providências – procure utilizar cabos de boa qualidade para evitar perda de sinal e ruídos. Isso vale principalmente para aqueles cabinhos que usamos para conectar os pedais entre si. Teste a melhor ordem para seus pedais percebendo em que posições o sinal da guitarra se mantém fiel ao desejado e, em último caso, considere trocar algum pedal que esteja afetando a qualidade do sinal.

 

Na maioria dos casos em que a perda de sinal é percebida é comum que a primeira reação seja “puxa, preciso trocar esse pedal…’. Por isso é preciso muita calma na hora de tomar uma decisão. Muitas vezes você pode acabar agindo por impulso ao invés de esgotar possibilidades como a troca de cabos de pedais, mudança na ordem do sinal, aumento de ganho nos pedais mais leves como overdrives low-gain, etc. A questão principal é entender como seu set de equipamentos funciona e tentar extrair o melhor resultado dele, mas sem que isso vire uma obsessão por renovar todo seu time de pedais

 

Espero que este post sirva para esclarecer alguns pontos que as vezes acabam deixando nós guitarristas bastante frustrados.

 

Timbre da Vez: Pedalboard do Guitarrista Faiska

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s