Pedalboard do Rafael Zon (Zonbizarro) – pedal_UPDTR#1

janeiro_zonbizarro

Tive a oportunidade de conhecer a banda Zonbizarro em 2015 quando saí do estado pela primeira vez com minha banda Bit Beat Bite Bright para uma série de três show, sendo dois deles ao lado dos caras da Zon.

Além de dividir o palco conosco no bar “A Obra – bar dançante” (Belo Horizonte) e Sagarana (Mariana) acabamos trocando várias ideias sobre equipamentos, turnês e outros assuntos em comum.

Com letras em português a Zonbizarro é um powertrio que abusa de efeitos para guitarra e baixo e suas músicas e estende essa preferencia também nos vocais, onde os efeitos estão também sempre presentes. Completada por Marcelo Sponchiato no baixo e Luiz Ramos na bateria a parte rítmica da banda é bastante pesada e conta com uma pegada bastante técnica e firme nas baquetas.

As preferências do Rafa são muito interessantes e é sempre legal dar uma olhada no pedalboard dele atrás de novidades, pois ele está sempre mudando de equipamento e buscando novos e melhores timbres. Quando tocamos juntos pela primeira vez me chamou a atenção o uso de efeitos para voz dentro do pedalboard e também algumas raridades como o pedal de delay com 4 presetes programáveiz da Vox, sem contar algumas escolhas poucos comuns para pedais de fuzz, que também são uma de suas grande paixões.

As linhas de guitarras são recheadas de frases melódicas, arpejos, dedilhados e riffs que desafiam o metrônomo e exigem com certeza um bocado de treino por parte dos integrantes. Abrindo esta seção mensal do blog vamos então com a entrevista que fiz com o Rafael (Zon) Dantas, que é responsável pelos vocais e guitarras da banda, mas antes alguns links para você conhecer o som da banda antes de curtir os detalhes do pedalboard dele:

Album completo no Youtube (Zonzuz)

Bandcamp

Resultado de imagem para facebook icon Resultado de imagem para soundcloud icon

 

rafael_moldura

 

 

entrevista Rafael Zon

 

 

Se pudesse usar somente um pedal em um show, que pedal seria?

Usaria um pedal de Wha wha. Tenho preferência por modelos que não usam chave de acionamento, daqueles que é só pisar e já tá funcionando ! Uso atualmente o Cry Baby Dunlop AK95 (Andreas Kisser) e nem penso em trocar, pedal muito bom!

 

Se você estivesse começando hoje qual seria o primeiro pedal que você iria adquirir?

Começaria comprando um Wah! Demorei muito a incluir um em meu set e agora acho essencial para qualquer guitarrista. Usaria ele mais drive do amp inicialmente.

 

Tem algum pedal que você sente falta em seu set ou que você está pensando em adicionar em seu pedalboard?

Estou sempre estudando pedais novos, conhecendo novos efeitos,  então sim, penso em adicionar mais um ou dois pedais em meu set, mas seria como substituição, já que não cabe mais nada em meu pedalboard 🙂 . Bom, ultimamente tenho agradado muito do Earthquaker Devices Rainbow Machine, que é uma espécie de  pitch shifting mega inteligente, coisa de louco! Outro pedal que me agrada muito é o Time Factor da Eventide, um delay de primeira linha, fantástico !

 

Cite referências de guitarristas ou artistas de bandas independentes que influenciam a escolha do seu timbre de guitarra ou que você admira como guitarrista ou como artista.

Sempre fui admirado pela criatividade e execução de Kirk Hammett  e a pegada de Dimebag Darrell. Se tivesse como juntar estes dois caras aí seria o guitarrista perfeito em minha opinião. Black Sabbath e Metallica definitivamente foram as bandas que mais me influenciaram! Ouvi muita coisa dos anos 90, aquela cena grunge e tal , mas minha raiz tá no metal. Um guitarrista da atualidade que me chama muito atenção e que não é metaleiro é Omar Rodrigez Lopes (The Mars Volta / At the drive-in). Guitarrista de muita sensibilidade musical e que usa muitos efeitos e, diga se de passagem, com maestria ! Não faço nada muito na linha dele, mas sou muito fã do som que eles faz.

 

Como você escolhe e ordem seus pedais? Tem alguma dica para quem está começando a montar um pedalboard?

Ótima pergunta! Bom, toda vez que faço alguma alteração em meu set tenho que testar tudo novamente. Acredito que não existe  segredo, é colocar os pedais, tocar, inverter, tocar, trocar e por ai vai! Respeito somente a regra de por pedais de Reverb e Delay no fim da cadeia, pois sua sala tá ali.  Pra quem está começando a montar seu set, sugiro começar com um bom drive, um pedal de wha wha e um delay. Acho que com estes três já dá pra começar a brincar!

 

Qual é seu ponto de vista com relação a marcas e custo-benefício de pedais?

Acho que o mercado tá muito bem servido! Antigamente era muito difícil se achar um Big Muff por exemplo, hoje é só dar uma pesquisada rápida que você encontra uma quantidade enorme de pedais de fuzz , e também uma pá de outros efeitos. Marcas que nunca imaginava que teria acesso um dia já se acham facilmente nas lojas.

 

Pedais na ordem em que usa (guitarra>amplficiador)

Planet Waves Tru-strobe

Tc Helicon Harmony Singer

Crybaby Wah Andreas Kisser AK-95

Mad Professor Little Gren wonder

Wampler Triple Wreck

Electro Harmonix Microsynth

Digitech Whammy V 5

Earthquaker Devices Organizer

Electro Harmonix Memory Man Hazarai

Boss Sl20 Slicer

img_9046
Foto tirada durante show realizado no Asteroid Bar em 2015.

 

 

Guitarras

Epiphone Les Paul Black Beauty 3 / Epiphone ES 339 P90 PRO

 

Amplificadores

Laney LV 200 /Laney LV 300

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s